Concerto da Orquestra Juvenil da AMCT @ Casa da Cultura de Sobreiro Curvo

amct2

A Cooperativa Glocalmusic – Núcleo Oeste, em parceria com o Grupo Desportivo Sobreirense (GDS) e a Associação Musical de Cabanas de Torres (AMCT), convidam para o concerto da Orquestra Juvenil da AMCT, dirigida pelo Maestro Luís Ferreira.

Será no próximo domingo dia 1 de julho, pelas 21:30 h, na Casa da Cultura do GDS, Rua da Unidade 8, Sobreiro Curvo (junto à capela). Entrada gratuita.

A Associação Musical de Cabanas de Torres (AMCT) é uma associação sem fins lucrativos, sediada em Cabanas de Torres, concelho de Alenquer, que surgiu na sequência da iniciativa de um grupo de jovens músicos, pais e junta de freguesia de Cabanas de Torres, onde a vontade de criar uma escola de música já existia há algum tempo. Fundada em 2011, esta associação tem como principal objectivo, o ensino da música aos mais jovens, tanto da freguesia como das áreas mais próximas, de forma a ocupar os seus tempos livres e proporcionar-lhes contacto com o universo musical. Ao investir na formação de jovens músicos, é possível desenvolver um projecto a longo prazo, em que toda a comunidade poderá participar e identificar-se, e daí ser capaz de partilhar e retribuir os resultados que venha a conquistar. A escola de música da AMCT conta actualmente com cerca de 40 alunos. A associação desenvolve ainda outros projectos. A par da Banda Filarmónica (desde 2011), é criada a Orquestra Filarmónica Juvenil da AMCT (em 2012), uma orquestra de carácter sinfónico, formada por cordas, sopros e percussões. A Banda Filarmónica e a Orquestra Filarmónica Juvenil são dirigidas, desde o seu início, pelo maestro Luís Ferreira.

 

Festival Diálogo, 8 a 14 de Abril em Beja

bannerFB-FDialogo-Beja

O Festival Diálogo — Diálogos Interculturais de Beja é promovido pela cooperativa cultural Glocalmusic – música criativa, em parceria com a Rede Europeia Anti-Pobreza (EAPN – Núcleo de Beja), a Associação de Mediadores Ciganos de Portugal (AMEC), o Centro Social Cultural e Recreativo Bairro da Esperança (Beja), a União das freguesias de Salvador e Santa Maria da Feira e a União das freguesias de Santiago Maior e São João Baptista (Beja); com o apoio da Câmara Municipal de Beja / Rede Social de Beja e de várias organizações locais a esta pertencentes. Este projeto é apoiado pela Secretaria de Estado para a Cidadania e a Igualdade / Alto Comissariado para as Migrações, no âmbito do Fundo de Apoio à Estratégia Nacional para a Integração das Comunidades Ciganas (FAPE 2018).

Será uma semana de programação intercultural, de 8 a 14, em diversos pontos da cidade, a culminar com o “Dia D” de “Diálogo”, sábado 14 de abril, na Praça da República, bem no centro histórico de Beja. Este Festival é dedicado à promoção do diálogo intercultural como ferramenta de combate à exclusão social, contribuindo para uma mudança de mentalidades através do conhecimento mútuo e da valorização da expressão cultural própria de cada comunidade, cada qual detentora de riquíssimas tradições culturais e artísticas.

O programa inclui conferências/debate, exposições, gastronomia do mundo, workshops, filmes, espetáculos de rua (música e danças do mundo) e atividades ao ar livre; atividades lúdico-didáticas para as crianças sobre interculturalidade.

No dia 14, sábado, estarão representadas em palco as diversas comunidades do concelho de Beja. Haverá espetáculos de música e dança que vão desde o cante alentejano, música de raiz tradicional do Baixo Alentejo, música e dança cigana, música e dança das comunidades imigrantes fixadas no concelho de Beja, num diálogo que contará com o envolvimento das pessoas e dos artistas das próprias comunidades, como forma de contribuir para um maior conhecimento intercultural e respeito pela diversidade cultural.

Ginásio Musical Lourinhã #5

ginasiomusical

O Ginásio Musical regressa à Lourinhã (Praia da Areia Branca) para o desenvolvimento de metodologias alternativas para o ensino e a prática musicais. Para quem tem e não tem conhecimentos musicais.

“Como músico, como professor e como pessoa que, em primeiro lugar, sou, saúdo vivamente a caixa de boas surpresas que, para mim, se começa agora a revelar. Uma simples e excitante abordagem à música! ” Paulo Martins

Local: ANIMAR – Loja de animações, Praia da Areia Branca, Lourinhã (edifício do antigo mercado, junto ao mini golfe). [ver localização]

HORÁRIO:
Sábado, 24 de Fevereiro 9h30-12h

Custo de participação: Donativo livre a partir de 10€
DESCONTOS: Sócios da Animar – Loja De Animações; pessoas da mesma família.

PRÉ-INSCRIÇÃO aqui.

O QUE É O GINÁSIO MUSICAL?

O Ginásio Musical traz novas formas de experimentar a música usando o jogo e a improvisação estruturada como aliado para o desenvolvimento do individuo social.

De uma forma descontraída mas pró-activa estes encontros são para aqueles que pretendem ter uma experiência não convencional e enriquecedora para alargar o seu potencial profissional, desenvolvimento pessoal ou recolha de ideias para aplicar em outros contextos.

Saber mais: [ https://ojogoabertoblog.wordpress.com/ ]

Projecto criado e orientado por: Bitocas Fernandes

INICIATIVA: Glocalmusic / O Jogo Aberto

CONTACTO:
ludin.ojogoaberto@gmail.com
tm 966264348 (Bitocas Fernandes)

CACO : ensaio aberto

caco

Ensaio Aberto da Orquestra de Música Visual – CACO na Zaratan sob o tema “Estados líquidos”.

É uma Orquestra atípica, que usa na sua matriz criativa, as artes visuais e audiovisuais no processo de interpretação e composição sonoro-musical.

MÚSICOS
Luis Fernandes
(Electróacustica, Percussão, Electrónica Experimental e Audiovisuais)
Helga Pereira
(Electrónica, Voz, Sopros)
Fernando Chainço
(Electrónica)
Diogo Dias
(Voz e Poesia)


CACO é uma orquestra atípica de música visual, que usa as artes visuais e audiovisuais como mais um instrumento sonoro na criação musical e fonte de inspiração na composição em tempo real. Com uma sonoridade que flutua entre a tradição oral e o mundo sonoro da modernidade do séc. XXI. a Orquestra CACO, integra no seu processo criativo, loops e colagens audiovisuais, paisagens sonoras, soundwalks, música electrónica, improvisada e experimental, artes visuais e imagens de arquivo, com o intuito de compor um filme concerto imprevisível, irreverente e intenso.

“Como a Música é uma criação do Ser Humano, ela reflecte seu espírito, independentemente dos limites que a definem”

 

Luis Fernandes (pt)
(Percussão, Composição Sonora e Edição audiovisuall) || (Drums, Sound Composition and Film Editing)


CACO is an atypical orchestra of visual music that uses visual arts and audiovisual as another sound instrument in musical creation and as a source of inspiration for real-time composition. With a sonority that floats between the oral tradition and the sonorous world of the modernity of the century. XXI. the CACO orchestra uses in its creative process, loops and audiovisual collages, sound landscapes, sound-walks, computer & electronic music, weird instruments, visual arts and foundfootage, in order to compose an unpredictable, irreverent and intense concert film.

“Since Music is a creation of the Human Being, it reflects its spirit, regardless of the limits that define it”


 

[ +info: Facebook ]